Saúde

Mortes por poluição aumentam 14% em dez anos, diz Ministério da Saúde

Um estudo do Ministério da Saúde identificou que as mortes por Doenças Crônicas não Transmissíveis em decorrência da poluição atmosférica aumentaram 14% em dez anos. Nesse período, o número de óbitos subiu de 38.782 em 2006 para 44.228 em 2016. Além disso, a pesquisa revelou que cresceu o número de mortes evitáveis por essas doenças, assim como a exposição ao O3 (poluição) em todo o país.

“Somente em 2018, o custo com internações devido a problemas respiratórios ultrapassou R$1,3 bilhão. Estimamos que, entre 2008 e 2019, esse gasto chegue a R$14 bilhões”, disse o ministro da Saúde, Luis Henrique Mandetta durante a comemoração do Dia Mundial do Meio Ambiente, em Brasília.

As doenças isquêmicas do coração foram responsáveis pelo maior número de mortes, tanto em homens (180,9 óbitos por 100mil habitantes, em 2006; 141,3 óbitos por 100mil habitantes em 2016) quanto em mulheres (111 óbitos por 100mil habitantes, em 2006; 84,4 óbitos por 100mil habitantes em 2016). Em seguida, ficaram as doenças cerebrovasculares, com taxas que declinaram de 112,7 por 100mil habitantes, em 2006, para 80,7 por 100mil habitantes em 2016, nos homens; e de 70,6 por 100mil habitantes em 2006 a 51,2 por 100mil habitantes em 2016, nas mulheres.

O estudo comparou os resultados encontrados para óbitos em homens e mulheres, e verificou o aumento nas mortes por câncer de pulmão, traqueia e brônquios e doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) atribuídas à poluição em ambos os sexos. No entanto, os casos dessas doenças foram maiores em mulheres do que em homens.

Para a Organização Mundial da Saúde (OMS) a estimativa é que ocorram anualmente 4,2 milhões de mortes prematuras atribuídas à poluição do ar ambiente no mundo. Desse total, 91% ocorrem em países de baixa e média rendas. A OMS estima que a poluição do ar tenha sido a responsável por cerca de 58% de mortes prematuras por doenças cerebrovasculares (DVC) e doenças isquêmicas do coração (DIC); 18% por doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) e infecção respiratória aguda baixa; e 6% por câncer de pulmão, traqueia e brônquios.

S.O.S Bomba de Vitaminas

A linha S.O.S Bomba de Vitaminas da Salon Line, criada para fazer seus cabelos crescerem mais rápido e com mais força. Dê o play e confira os cabelos maras das blogueiras, as embaixadoras da marca.