Saúde

Inverno pode aumentar risco para infartos e doenças circulatórias

No inverno, o organismo trabalha mais para manter o corpo aquecido e em funcionamento. A queda da temperatura, ocasionada pela estação mais fria do ano, pode contribuir com a vasoconstrição, que é a diminuição do diâmetro do vaso sanguíneo, o que prejudica a circulação. A vasoconstrição aliada a infecções respiratórias podem aumentar de 30 a 40% o risco de infarto no inverno em relação às outras épocas do ano, segundo a Sociedade de Cardiologia do Estado do Rio de Janeiro (Socerj).

Além de vasoconstrição, o aumento do número de infeções respiratórias sobrecarrega o sistema cardiovascular, que gera o aumento do risco de infarto agudo do miocárdio e de acidentes vasculares cerebrais.  A entidade lembra que, de acordo com o DATA/SUS de 2012, as doenças cardiovasculares são as principais causas de morte no Brasil, com cerca de 330 mil óbitos por ano – equivalente a 28% do total de casos.

Segundo a Socerj, a prevenção ainda é a melhor forma de lidar com as doenças cardiovasculares. Para se prevenir contra infecções respiratórias é importante tomar a vacina da gripe. Além disso, evitar se expor desnecessariamente à temperatura muito fria sem avaliação cardíaca adequada; evitar fazer atividade física em regiões muito frias; e evitar o fumo, pois o cigarro aumenta o risco de vasoconstrição e, no frio, esse risco é potencializado.

Tags

S.O.S Bomba de Vitaminas

A linha S.O.S Bomba de Vitaminas da Salon Line, criada para fazer seus cabelos crescerem mais rápido e com mais força. Dê o play e confira os cabelos maras das blogueiras, as embaixadoras da marca.