Ciência Saúde

Casos de febre amarela aumentam no estado do Rio

O Rio começou a vacinação fracionada da febre amarela na última semana de janeiro. Já são 18 o número de mortes e 42 pessoas infectadas pela doença no estado, segundo dados divulgados nesse sábado (3) pela Secretaria do Estado da Saúde. Valença é a cidade com maior ocorrência, 14 no total.

A febre amarela tem alta letalidade e, por isso, é importante que a população se vacine. Cerca de 5 milhões de pessoas ainda precisam se vacinar no Rio e Região Metropolitana. A dose fracionada já foi testada em adultos saudáveis e, segundo pesquisadores, a imunização ainda que em fração, tem validade de pelo menos oito anos. O frasco produzido pela Fiocruz tem cinco doses da vacina. Cada dose fracionada irá servir para vacinar cinco pessoas.

A febre amarela tem taxa de letalidade muito alta e chega a 50% com bases nos surtos registrados a partir de 1980. Em 2017, a taxa de mortalidade ficou em cerca de 30% dos infectados.  Por isso é importante se vacinar. Crianças a partir de 9 meses e idosos também podem se vacinar, salvo contraindicação médica.  Alérgicos a ovo, pessoas com imunidade baixa, transplantados ou pacientes submetidos à quimioterapia ou radioterapia gestante e mulheres que estão amamentando crianças com menos de 6 meses não devem se vacinar salvo indicação médica.

 

Tags

S.O.S Bomba de Vitaminas

A linha S.O.S Bomba de Vitaminas da Salon Line, criada para fazer seus cabelos crescerem mais rápido e com mais força. Dê o play e confira os cabelos maras das blogueiras, as embaixadoras da marca.